REIVENTAR-SE

reinventar-se

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Estamos nas últimas semanas e últimos dias de 2020.

Nossa, que ano desafiante! Ao mesmo tempo quantos aprendizados encontrados, vividos e experienciados mês a mês, semana a semana … dia a dia.

As lives tornaram comuns, mas ao final cansativas, entretanto, nesse período aproveitei para beber na fonte de muitos autores, consultores que admiro e com toda certeza a palavra da vez foi “REIVENTAR-SE”.

TODOS os profissionais se reinventaram, sobretudo os da área da saúde pela coragem e resistência, como também os da educação, pela criatividade, bem como, pela rápida adaptação em um curto espaço de tempo para uma metodologia que apesar de já existir, era desacreditada por muitas categorias e pessoas… a metodologia EAD.

Os aprendizados para mim foram imensos, isso não significa que eu não tenha precisado gerar uma energia extra… além daquela que já busco e pratico desenvolver.

Como docente de turmas de especialização também precisei me reiventar para desenvolver aulas, prender a atenção dos alunos e sobretudo, compartilhar conhecimento num formato remoto. Como empreendedora precisei ser forte o bastante para avaliar os cenários e traçar novas estratégias para um momento que nunca imaginei viver. Como gestora precisei pensar rápido em ações que tivessem como foco o cuidado da equipe. Como pessoa percebi que era o momento de desacelalar e me olhar… me perceber. Como profissional, me permiti sair da zona de conforto e viver a experiência de algo que ainda hoje é incômodo para mim, gravar vídeos, fazer lives, “mostrar-se mais”. Como mãe precisei entender que eles precisavam e precisam da minha atenção assim como eu tinha certeza que eu precisei e permaneço precisando cuidar deles. Tudo realmente foi diferente e será diferente.

Ansiamos por uma vacina objetivando o retorno de uma “vida normal”, mas esse normal não será nunca mais o mesmo. Reflexos desse tempo ficarão para os profissionais / pessoas e organizações. As pessoas estão ansiosas, adoecidas e cansadas.

Se eu mudaria tudo que vivi?? SIM!

Se valeu a pena tudo que eu aprendi? SIM!

Então como fecha essa conta?

Não sei… acredito que seja uma “Jovem Aprendiz” nesse 2020 tão inesperado.

Mais conteúdo para você

Nós podemos ajudar sua empresa a crescer!

Fale agora com um de nossos especialistas e conheça nossas soluções.